Otros servidores Arquero

Ginecomastia

2490_pagina
O aparecimento de mamas no homem denomina-se ginecomastia. No caso do paciente acima, o problema ocorre em apenas um lado, o esquerdo, e é tratado cirurgicamente.

Ginecomastia é o desenvolvimento anormal da glândula mamária no homem. O aumento da mama é normal na fase da puberdade, devido às mudanças hormonais, embora possa ser causado, também, por transtornos hormonais, medicamentos ou outras substâncias.

Caracteriza-se pelo aumento do volume do peito, especialmente sob a aréola devido a uma hipertrofia do tecido glandular mamário. Há casos em que apresentam galactorréia, presença de um fluxo branco, através do mamilo. Quando o aumento é devido apenas ao acumulo de gordura denomina-se pseudo-ginecomastia.

Quando a ginecomastia é persistente, ocasiona alterações estéticas podendo provocar graves problemas emocionais (complexos).

O diagnóstico de ginecomastia é facilmente determinado, embora quase sempre seja o próprio paciente quem verifica essa alteração.

É uma síndrome relativamente freqüente que pode aparecer espontaneamente na puberdade, ou ser provocada pela ingestão de alguns medicamentos, tais como: estrógenos, corticóides, espirinolactona, sulpiride, digoxina, cimetidina, neurolépticos, anfetaminas, certas substancias como cannabis, etc.

Pode ser devido ainda a causas endócrinas, menos freqüentes, como os tumores testiculares; doenças genéticas, como a síndrome de Klinefelter; hipertiroidismo (10%) associado a adenoma hipofisário e até a acromegalia.

As ginecomastia idiopáticas (sem causa aparente) são detectados em 75% dos casos na adolescência. Não são graves e regridem espontaneamente. Nos recém-nascidos está presente em 35% dos casos ligado a hormônios placentários. Nas pessoas de idade é correspondente aos desequilíbrios estrógenos/testorenona, devido à diminuição deste último.

Também pode em casos de cirrose hepática, doença de Parkinson, de Wilson (sobrecarrega o organismo de cobre) e após um traumatismo cranial ou tumores cerebrais.

O diagnóstico, como vimos, baseia-se no historial clínico e na exploração. A contagem hormonal e a radiografia pulmonar são indispensáveis para determinar a causa de ginecomastia. A mamografia confirma o diagnóstico e descarta a presença de tumores malignos.

3024_paginaVarón de 16 años enviado por su endocrinólogo que sufre un aumento de las glándulas mamarias (Ginecomastia verdadera). El tratamiento consiste en la retirada de las mismas a través de una incisión en la parte inferior de la areola, y lipoescultura de la grasa de alrededor.